Livre Pra Escolher – Milton Friedman

Minha experiência política com blogs não começou aqui no Direita Sergipana, para quem não sabe anteriormente eu comandava um blog chamado Bazinga Online que iniciou atividades no ano de 2013, lá basicamente eu fazia o mesmo que aqui, porém com menos experiência digamos assim. Todavia o tempo dedicado àquela atividade me ajudou a desenvolver melhor não só meu conhecimento como também minha retórica o que de fato é muito importante para qualquer defensor de ideias racionais.

Essa semana, em uma reunião com as lideranças liberais, libertárias e conservadoras de Sergipe que ocorreu em Aracaju lembro que num dado momento falávamos sobre a didática para novos adeptos através de filmes, documentários, etc. De repente alguém citou o documentário Livre Pra Escolher baseado no livro do Milton Friedman de mesmo nome*. Acabei me sentindo nostálgico e citando que há cerca de dois anos atrás eu já havia postado ele no meu blog e feito comentários. Ainda com essa nostalgia na mente, hoje resolvi resgatar do meu velho blog as mesmas palavras que usei para descrever cada uma das 05 partes do documentário, eis então:

20 de agosto de 2015

Comecei a assistir ontem o documentário: Livre para escolher (Free To Choose), trata-se de uma série norte-americana baseada no livro de mesmo nome do economista Milton Friedman. O livro foi um best seller nos EUA e o sucesso da série televisiva não poderia ser diferente.

A série, dividida em 05 partes, é uma magistral defesa da liberdade e do mercado. Nela, Friedman explica cada detalhe que passa desapercebido pelo cidadão comum. De exímia oratória, ele mostra na prática porque o livre mercado é o melhor instrumento para o progresso material de uma sociedade. E quanto mais livre, mais benefícios o mercado pode conceder à sociedade.

Criada nos anos 80, no final da Guerra Fria, a série sofreu novas adições e melhorias para sua exibição nos anos 90.

A primeira parte que vi ontem é intitulada: “o poder do mercado”. De cara o documentário abre com ninguém menos que Arnold Schwarzenegger, que eu não sabia ser formado em economia, o ator faz sua defesa honesta do livre mercado baseado em sua própria experiência ruim de sua terra natal, a Áustria, comandada pelo regime soviético durante a guerra fria. Posteriormente Schwarzenegger elegeu-se governador da Califórnia pelo Partido Republicano.

Na medida em que eu for vendo as demais partes irei postando por aqui e comentando, essa fala dos benefícios do livre mercado em Hong Kong na época em que não estava sob o domínio opressor Chinês e sim sob a tutela democrática Britânica.

link original: http://bazinga-online.blogspot.com.br/2015/08/livre-para-escolher-o-poder-do-mercado.html

26 de agosto de 2015

Volto com a segunda parte dessa interessante série de documentários de Milton Friedman, baseada em seu próprio livro. Nessa parte, o senhor Friedman explica sobre os males do intervencionismo e protecionismo estatal, e do isolamento em um ambiente de mercado, tomando como comparativo a Índia e o Japão na sua passagem do fim do século 19 para o século 20. Confiram!

link original: http://bazinga-online.blogspot.com.br/2015/08/milton-friedman-livre-para-escolher-2.html

02 de setembro de 2015

Apresento hoje a 3ª parte dessa interessante série de documentários de Milton Friedman, baseada em seu próprio livro: Livre pra escolher. Nesse capítulo, nos é mostrado a falência do ensino público diante da superioridade do sistema privado. E nos dá como sugestão para aqueles que não tem condição de pagar por um ensino melhor, o sistema de vouchers como opção. Inclusive esse sistema foi muito bem aplicado no Chile na era pós-Allende. E como sempre, no final de cada documentário, ocorre um debate sobre o tema abordado.

link original: http://bazinga-online.blogspot.com.br/2015/09/livre-para-escolher-o-que-tem-de-errado.html

05 de setembro de 2015

Nessa parte do documentário é discutido o colapso do socialismo no leste europeu no fim dos anos 80, e apresentado como solução o livre mercado. O vídeo abre com ninguém menos que Ronald Reagan explicando o poder de liberdade e crescimento econômico proporcionado pelo livre mercado, além da admiração que o ex-presidente tinha pelo senhor Friedman. Confiram!

link original: http://bazinga-online.blogspot.com.br/2015/09/livre-para-escolher-falencia-do.html

09 de setembro de 2015

Nessa última parte, Milton Friedman explica o conceito de igualdade de direitos que infelizmente muitas pessoas confundem com nivelamento sobre a propriedade alheia. Ao final do documentário ocorre um debate majestoso com a participação de ninguém menos que Thomas Sowell. Excelente!

link original: http://bazinga-online.blogspot.com.br/2015/09/milton-friedman-livre-para-escolher.html

Bom, é isso aí, como podem ver minha participação nessa época era como observador atencioso me limitando a comentar apenas o tema de cada parte do documentário sem muito aprofundamento. Meu aprendizado foi muito valioso, para quem nunca leu o livro recomendo começar pelo documentário como uma experiência prévia. Até a próxima!

* Free to Choose em algumas traduções é “Livre Pra Escolher” em outras “Liberdade Pra Escolher”, o que de fato não altera seu sentido.

 

Clayton de Souza

Sou apoiador da Direita Sergipana na cidade de Tobias BarretoSE, tenho vários artigos postados no blog da Direita Sergipana, 04 livros publicados e sou responsável pela página Liberal/Conservadora “Atlante Online”.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: