Round 2 da Reforma da Previdência é vencido na Câmara

Na madrugada desta terça para quarta, deputados votaram em 2° turno o texto do armengo, quer dizer, Reforma da Previdência na câmara. A proposta foi aprova por 369 a 124 votos e 1 abstenção do deputado e ex ator pornô Alexandre Frota. O texto agora segue para o senado.

Não houve modificações em relação ao texto aprovado no 1° turno. Portanto, estão mantidos os privilégios para policiais federais e professores que, pela proposta aprovada, se aposentarão com 53 e 55 anos, respectivamente. Bem mais cedo que os trabalhadores da aposentadoria privada. No caso dos policiais federais, está garantida a integralidade da aposentadoria. Dessa forma, os policiais federais serão a única categoria a receber mais de R$ 5,8 mil — teto definido no texto base para todas as outras profissões.

Apesar dos privilégios, aprovação é positiva para o governo e para o Brasil, já que alguma reforma seria inevitável de acontecer. Agora cabe ao senado adicionar ou retirar pontos no texto. Em havendo novas modificações, o texto volta para a câmara para ser votado novamente. Dentre os pontos a serem discutidos no senado está a reinclusão de estados e municípios no texto da reforma.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: