Duas notícias fizeram desta quarta-feira um GRANDE DIA! Saiba quais e como elas podem afetar sua vida.

Nesta quarta, dois fatos que mostram otimismo e um sinal de mudança na dura realidade do nosso país merecem ser divulgados e compartilhados.

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central reduziu a Selic, taxa básica de juros, em 0,50 ponto porcentual, de 6,5% para 6% ao ano, nesta quarta-feira, 31/7. Esta é a primeira redução após 16 meses.. Isso mostra otimismo do mercado com as reformas do governo Bolsonaro, em especial a reforma da previdência, que deve ter sua votação concluída até setembro no senado. Depois de 16 meses de estabilidade, decisão do Copom foi unânime. Com a redução, o Brasil agora tem a menor taxa Selic da sua história!

Como reflexo da redução da taxa Selic, o banco Itaú e o Banco do Brasil anunciaram redução de juros para pessoas físicas e empresas. Tais medidas podem estimular o crédito para quem quer empreender ou mesmo saldar suas dívidas.

A redução da Selic é um alívio para a população, que agora poderá consumir mais, obter financiamento a taxas menores e ter mais oportunidades de emprego. Para as contas do governo o reflexo também é positivo, pois a redução na taxa de juros faz com que o governo gaste menos do PIB com o financiamento da dívida pública. Com isso, sobra mais dinheiro para investimentos em infraestrutura, por exemplo.

Outro fato importante é o anúncio da redução no número de desempregados no país. Os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira mostram que a taxa de desocupação no país caiu de 12,7%, no 1° trimestre do ano, para 12,0% no 2°. Pelos cálculos do IBGE, o Brasil tem 12,8 milhões de desempregados. O fato mais importante é que esse número é menor do que no mesmo período do ano passado. Isso mostra que está havendo um avanço real na geração de empregos e não apenas uma estagnação.

O número de desempregados ainda é grande, mas esperasse que com a aprovação das reformas da previdência e tributária, além da importantíssima medida provisória da liberdade econômica, o valor em investimentos no país cresça, gerando ainda mais empregos e tirando a população do sufoco.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: