Bolsonaro mostra que respeita o pagador de impostos ao repudiar filme sobre sua carreira política financiado com dinheiro público

Em live na noite da última quinta-feira, o presidente Jair Bolsonaro criticou a ANCINE por liberar R$ 500 mil para um filme sobre sua vida política e pediu que a agência voltasse atrás na liberação do recurso. Falou também que tal medida contribui para que ele busque a extinção da agencia nacional de cinema.

Ainda na live Bolsonaro destacou que não concorda que dinheiro público (dos pagadores de impostos) seja usado para financiar e promover filmes, sejam eles sobre Bruna Surfistinha ou sobre Jair Bolsonaro.

Com essa conduta, Bolsonaro dá o exemplo, mostra que é coerente e que respeita nosso dinheiro ao não querer que este seja gasto com futilidades. Bem diferente de um ex-presidente que teve filme financiado com recursos públicos e que hoje está preso em Curitiba.

Confira a fala do presidente Jair Bolsonaro

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: