A semana em que a Direita se ergueu em Sergipe

 

 

Como muitos sabem, sou escritor, e como tal, muito me interessa os clássicos da literatura, em especial as fábulas infantis, por possuírem uma moral aplicável aos nossos dias. Dentre as fábulas mais conhecidas, uma que me identifico muito é a da Cigarra e as Formigas. Pra quem não a conhece, ela fala sobre as formigas que trabalhavam duro, carregando aos poucos os mantimentos necessários para passar o inverno que haveria de chegar em um momento futuro, enquanto isso, a cigarra passava o dia a tocar, pouco preocupada com o dia de amanhã, e sempre zombando das formigas que faziam seu trabalho árduo e discreto. Quando o inverno chegou, sem ter abrigo ou o que comer, a cigarra à beira da morte veio bater à porta das formigas pedindo ajuda. Na versão original da fábula, atribuída a Esopo, perguntada sobre o que fizera durante todo o verão, a cigarra responde que não tivera tempo para juntar comida pois “cantara melodiosamente”, ao que as formigas retrucam que se cantara no verão, que dançasse no inverno. Segundo a tradução brasileira de Neide Smolka traz como corolário a lição de que “não se deve negligenciar em nenhum trabalho, para evitar tristezas e perigos”.

Esse pensamento é a base da minha ação filosófica e de muitos outros que têm trabalhado comigo na defesa dos ideais da Direita, seja ela conservadora, liberal ou libertária. Há anos pessoas como eu, criam blogs, páginas no facebook, organizam palestras, compartilham informações em seus perfis de redes sociais e etc. Um trabalho voluntário, sem financiamento estatal (claro, é a base do pensamento da Direita), sem suporte de partidos políticos (já que no Brasil praticamente há um latifúndio de partidos de esquerda e fisiologistas de centro que adoram flertar com o populismo e o coletivismo “canhoto” por assim dizer).

E diante de um cenário tão difícil, sem apoio financeiro massivo, nós as formiguinhas da Direita, conseguimos nos preparar para o futuro, e o que se pode ver hoje em dia é que estamos levando a esquerda ao desespero, a mesma esquerda que tanto zombava das nossas pequenas ações até outro dia, hoje se sente ensandecida (mais do que de costume) ao ver o que resultou nossas ações.

Essa semana, por exemplo, aqui em Sergipe, um dos menores estados do nordeste, e até então um pequeno curral esquerdista monopolizado viu surgir uma ação coordenada de ocupação politico-cultural de espaços. Pra se ter ideia tivemos só nessa semana em Aracaju: o encontro do pré-núcleo do Partido NOVO de viés Liberal, o Liberty Open de viés Libertário e a inauguração da sede do DIREITA SERGIPANA em parceria com o Movimento Sergipe com Bolsonaro de viés conservador. E o que fez a esquerda? Bem, ficaram fumando maconha, tomando Heineken em boteco caviar e compartilhando cracolândias mentais em grupos de WhatsApp e no Facebook que é a única coisa que sabem fazer além de berrar sandices como as que o pessoal do Liberty Open tiveram que aturar (mais à frente eu explico essa parte).

Primeiro, vamos falar sobre o encontro do Partido Novo em Aracaju.

novo* foto acima tirada em um evento realizado no dia 25 de abril.

Nessa terça-feira, 22/08/17, aconteceu a apresentação das metas e objetivos do Partido NOVO em Sergipe. O partido NOVO possui um viés que vai do Liberal ao Libertário, já há um certo tempo aqui em Sergipe, os membros do pré-núcleo frequentemente organizam reuniões tanto na capital quanto no interior, assim como entrevistas para o rádio e palestras. Um belo exemplo do trabalho de formiguinha é esse partido. Interessados em saber mais sobre sua atuação em Sergipe podem curtir sua página no facebook: https://www.facebook.com/novosergipe/ .

Agora vamos falar sobre o Liberty Open, a maior conferência Libertária de Sergipe.

5

O evento aconteceu nos dias 24 e 25 de agosto, na Universidade Tiradentes, um espaço em que ideias liberais/libertárias foram apresentadas sobre a ótica de seis palestrantes. A Juventude Libertária da Tiradentes, em parceria com o ILISE – Instituto Liberal de Sergipe preparou o seguinte roteiro para o evento que contou com as ilustres presenças do renomado economista e membro do Mises Institute Antony Mueller, do professor e vice-presidente do ILISE, Leonardo Lisboa e o sociólogo Rodorval Ramalho:

1º dia:
Abertura: Lucas Sampaio; Tema: O mercado é a solução para os seus problemas!

2º palestra: Antony Mueller; Tema: A história da Escola Austríaca de economia
Coffee Break

3ª palestra: Afonso Neto; Tema: O pensamento pós-moderna e suas implicações no século 21

2º dia:
Abertura: Leonardo Lisboa; Tema: Capitalismo e socialismo nas visões de Marx e de Mises

2ª palestra: Rodorval Ramalho; Tema: Marxismo Cultural
Coffee Break

3ª palestra: Gabriel Melo; Tema: armamento civil.

Apoiaram também essa iniciativa o pessoal do Direita Sergipana, Conservadores SE, Frente Anti-Estatista da Bahia, Liberalismo Zoeira, Vox Brasilis, Rock’n’Burguer e Planeta Açaí da Ilha.

O evento ocorreu muito bem como podem perceber no registro de fotos abaixo, com apenas um incidente. Algumas cigarras esquerdistas, com seu totalitarismo natural, desesperadas por serem incapazes de realizar um ato, resolveram tumultuar o evento e tentar espalhar mentiras ardilosas levando a organização do Liberty Open a publicar a seguinte nota esclarecendo os fatos:

Nota oficial

Nos dias 24 e 25 de agosto de 2017, jovens universitários da Unit (UNIVERSIDADE TIRADENTES) se juntaram com professores e formaram uma conferência. O LIBERTY OPEN 2017, um evento com entrada franca e livre acesso garantido a todos os que desejassem comparecer. O grupo estudantil denominado Juventude Libertária de Sergipe em parceria com o Instituto Liberal de Sergipe, cometeu o crime nefasto de expressar livremente conteúdo que desafiou o status quo dos totalitários da extrema esquerda socialista, que se sentiu ofendida por conta disso. A costumeira reação fascista da extrema esquerda fora imediata, ameaçaram verbalmente e fisicamente os organizadores, incitaram a violência contra os mesmos nas redes sociais e em grupos de WHATSAPP, foram ao evento com o intuito de tumultuar e intimidar, chutaram a cadeira de uma pessoa na plateia, ofenderam os palestrantes, cometeram inúmeras baixarias dentro de uma instituição universitária e atos inapropriados para um espaço que deveria promover a pluralidade de ideias e o respeito à livre expressão.

No dia seguinte, o movimento Juventude Libertária da Tiradentes (JLT), foi surpreendido com uma “Fake News” de um jornalista, que atua no portal de notícias Infonet, afirmando que o evento promoveu uma marcha NEONAZISTA. A notícia se espalhou de forma rápida e não temos dúvida alguma do envolvimento de partidos políticos e lideranças nessa empreitada autoritária que promoveu reações violentas, agressivas e difamatórias contra os organizadores do evento em redes sociais. A ‘’Fake News’’ propagada pela INFONET e todo o rebuliço causado levou a universidade, onde o evento iria ocorrer em seu segundo dia, a suspender cautelarmente a realização do mesmo, deixemos todo o SOFISMO de lado nessa breve nota. Suspender um evento cautelarmente faltando poucas horas para a realização é o mesmo que cancelar o evento e no fundo, esse era o objetivo primordial dos MILITANTES de esquerda que ainda não sabem lidar com a perda dos espaços sociais e com o crescimento dos movimentos LIBERAIS em todo o Brasil, a UNIT se posicionou de forma precipitada e irresponsável ao tomar essa decisão sem ouvir o contraditório, triste é notar que essa atitude saiu do corpo diretório de um curso de DIREITO. Em alguns minutos, a equipe da organização chegou à universidade e constatou que cerca de pelo menos 60 pessoas já estavam aguardando o início do evento, procuramos o responsável pelo departamento de DIREITO da UNIT e nos foi informado pelo mesmo em uma reunião de quase 40min que não poderia ceder o espaço sem apurar os fatos. O responsável pelo departamento acabou agindo de maneira irresponsável e demonstrou seu total despreparo para lidar com uma situação como essa, aceitando as inverdades proferidas por militantes baderneiros que há anos tumultuam dentro da universidade.

Ao final da reunião, o Prof. Leonardo Lisboa, um dos organizadores do evento, formado pela UNIT, aluno da Pós-Graduação e um dos palestrantes da noite deixou claro que a CONFERÊNCIA iria ocorrer nem que acontecesse do lado de fora da sala ou no mini-shopping, ao sair da sala, ele se dirigiu ao bloco da PÓS-GRADUAÇÃO o mais breve possível e por sorte ou acaso do destino, uma sala havia acabado de ser liberada pela ausência de um professor. Todas as pessoas adentraram a sala e ocuparam praticamente todas as cadeiras.

O evento ocorreu tranquilamente e na mais perfeita ordem, foi um sucesso de crítica e de público, ao final do evento, ficamos sabendo que a página do facebook da OAB-SE, através de uma de suas comissões lançou uma nota que mais uma vez acusa o movimento de ser NAZISTA (princípio do contraditório pra quê?), essa nota recebeu uma avalanche de comentários negativos à organização e foi excluída. Assim, como a nota lançada pelo jornalista que causou toda essa celeuma, também foi apagada. O assassinato de reputações praticado pela extrema esquerda contra a JLT, ILISE e palestrantes não ficará impune, é inaceitável que em pleno ano de 2017, vozes destoantes ainda sejam caladas, difamadas e seus seguidores agredidos verbalmente nas redes sociais, o ódio foi incentivado depois dessas falsas notícias, ameaçando a integridade física de todos os envolvidos na realização do evento. É por isso que jornalistas totalitários de jornais de grande circulação não checam fontes e postam mentiras quando elas são convenientes para a sua ideologia genocida. ‘’Estudantes’’ da esquerda caviar que se sentem ofendidos com o divergente, tentam justificar a sua violência acusando LIBERTÁRIOS de NAZISTAS, nada mais contraditório e ‘’burro’’, sabemos que se declarar ou ser NAZISTA é considerado crime, da mesma forma que imputar essa ideologia nas pessoas de forma descabida e sem prova também é crime. Nós não iremos deixar esse assunto morrer de forma tão fácil, iremos honrar todas as milhões de pessoas que foram assassinadas por regimes totalitários, regimes que perseguiram e ainda perseguem o individuo, lembremos a filósofa Ayn Rand:

‘’A menor minoria da terra é o indivíduo. Aqueles que negam os direitos individuais não podem se dizer defensores da minorias ‘’

Não baixaremos a cabeça para coletivos que cultuam assassinos em nome de uma ideologia utópica, onde o contraditório é sempre eliminado através da censura e assassinato, levaremos isso até as ultimas consequências e ficará provado que tudo isso não passou de um ataque baixo e vil e motivado por uma trupe FASCISTA, AUTORITÁRIA e ligada à ideologias de esquerda.

A liberdade vencerá hoje, amanhã e sempre.

P.S. Essa é uma breve nota sobre o ocorrido, todos os fatos pormenores serão esclarecidos em um momento mais oportuno.
P.S.2 A JLT e o ILISE se coloca à disposição de qualquer meio de comunicação para maiores esclarecimento através dos contatos.
LUCAS SAMPAIO (79) 998365814 Email: adm387@hotmail.com (Presidente da JLT)
Prof. LEONARDO LISBOA (79) 999935987 Email: profleonardolisboa@outlook.com
P.S2. Todas as medidas judiciais já estão sendo devidamente tomadas.

Para saber mais sobre a Juventude Libertária Tiradentes, seus eventos e demais atividades curta a seguinte página no facebook:  https://www.facebook.com/juvlibdatiradentes/.

Bem agora para fechar com chave de ouro, vamos falar da inauguração da sede do Direita Sergipana e do Movimento  Sergipe com Bolsonaro.

 

Inauguração sede.jpg

21105644_1901467270106943_8684185349995992344_n

Na tarde de 26 de Agosto de 2017 foi inaugurada a sede física que será o ponto de apoio para nós que fazemos parte do Direita Sergipana e nossos parceiros do movimento que se voluntaria em nosso estado para apoiar a campanha do Dep. Bolsonaro para a presidência da república, o Movimento Sergipe com Bolsonaro.

A iniciativa partiu de jovens ligados aos movimentos Direita Sergipana e Sergipe com Jair Bolsonaro e contou com a ajuda de diversos profissionais liberais como médicos e empresários, o prédio por sinal pertence ao empresário João Tarantela, que cedeu o imóvel sem qualquer custo para os ocupantes. Absolutamente toda a estrutura (do prédio à plotagem e toda a logística do evento) é uma ação voluntariada que não conta com nenhum financiamento estatal. Um público diversificado se fez presente. O evento contou com a presença da professora Dayane Pimentel e do representante de Bolsonaro na região nordeste Julian Lemos. O Dep. Jair Bolsonaro chegou a gravar um vídeo que foi divulgado no Facebook saudando a iniciativa dos Sergipanos. O Jornal Cinform de Aracaju fez duas matérias muito interessantes sobre o evento, eis aqui os links:

Matéria 01: https://www.cinform.com.br/2017/08/25/bolsonaro-voluntarios-inaugurarao-espaco-em-aracaju/

Matéria 02: https://www.cinform.com.br/2017/08/26/bolsonaro-agora-tem-ponto-de-apoio-em-aracaju/

Mais informações sobre o  evento com vídeos e fotos podem ser observadas nas páginas do Direita Sergipana  (https://www.facebook.com/DireitaSergipanaOficial/?ref=br_rs) e Sergipe com Bolsonaro (https://www.facebook.com/bolsonaroSe/ ) no facebook.

Pra encerrar esse resumo histórico da semana em que todas as vertentes da Direita em Sergipe fizeram vez, e a extrema esquerda apenas deu mais um vexame na sua existência medíocre, eu gostaria de dizer que nosso trabalho de formiguinha vai continuar, cada vez mais forte e atenuante. Por não sermos coletivistas nossa ação se assemelha muito a do pescador que se utiliza de um anzol para pescar um a um os melhores peixes, devolvendo às águas os de pouco valor, afinal, aquele que pesca com rede costuma arrastar para o barco bota velha, caco de vidro, restos de comida e todo tipo de lixo que se mistura a uns peixinhos mixurucas.

Venha para Direita: Conservadora, Liberal ou Libertária. Direitistas de todo o mundo, uni-vos!

* este que vos escreve é coordenador da Direita Sergipana na cidade de Tobias Barreto, interior de Sergipe, tenho vários artigos postados no blog da Direita Sergipana, 03 livros publicados e sou responsável pela página Liberal/Conservadora “Atlante Online”. Acompanhe minha atuação política, literária e filosófica nos seguintes links:

Meus livros na Editora Atlante:

 http://www.editoraatlante.com.br/

https://www.facebook.com/atlanteoficial/

Minha Página de notícias Atlante Online:

https://www.facebook.com/atlanteonline/

Meu canal no YouTube TV Atlante:

https://www.youtube.com/channel/UC8PNKPeH1j7uzV9RRzJa0RA

Meu perfil pessoal no facebook:

https://www.facebook.com/bazingaonline.net

“A questão não é quem vai me deixar fazer, mas quem vai me parar.” – Ayn Rand.nao pise em SE

 

Clayton de Souza

Sou apoiador da Direita Sergipana na cidade de Tobias BarretoSE, tenho vários artigos postados no blog da Direita Sergipana, 04 livros publicados e sou responsável pela página Liberal/Conservadora “Atlante Online”.

4 comentários em “A semana em que a Direita se ergueu em Sergipe

  • 27 27-03:00 agosto 27-03:00 2017 em 20:22
    Permalink

    Parabéns pelo artigo! Continue assim!

  • 29 29-03:00 agosto 29-03:00 2017 em 09:32
    Permalink

    Muito bom este artigo.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: